terça-feira, 22 de maio de 2012

depois de alguns novos passos


depois de alguns novos passos
cheguei aquela estrada amada
simples, reta, clara, nada
impedia ao reino me levava

estrada clara

e os sóis e as madrugadas
pelos vales verdes e azuis
de repente me abriam

doce esplendor desse mundo
posso passar sem mais nada
vejo belas paisagens

entrada clara

depois de alguns passos
cheguei à estrada amada

estrada ao nada

3 comentários:

  1. belos versos parabens

    se possível, visite meu blog

    www.semente-terra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Belíssimo. Rogel!

    Já está nos meus favoritos. Impressionante como me identifico com seus versos e idéias.

    Parabéns!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir